Jornal do Cariri

Jornal do Cariri

NOTÍCIAS DE IMÓVEIS


  • Aluguel de temporada: entenda qual o papel do corretor

  • O fim do ano se aproxima e com ele as festas e férias, que trazem o desejo de viajar para relaxar um pouco, afinal, ninguém é de ferro! Mas na hora do descanso merecido, a crise não é uma desculpa para adiar a viagem. Pelo contrário: ela eleva a procura pelo aluguel de temporada, uma opção mais em conta do que hotéis ou resorts.

    Se mesmo com dificuldades financeiras, o brasileiro não dispensa diversão e quer garantir seu lugar ao sol, o corretor mais ainda! Este é o momento de fazer bons negócios, e seu papel pode impactar a experiência do cliente que opta pelo aluguel de temporada.

    A lei do inquilinato

    O corretor é um profissional que poupa a pesquisa do interessado, e uma de suas maiores tarefas é cumprir a lei do inquilinato, que estabelece que a locação para férias não deve ultrapassar 90 dias. Mas, independentemente do período, é imprescindível elaborar um contrato de locação, incluindo deveres e obrigações das partes envolvidas.

    A importância do contrato

    Já que um dos papéis do corretor é garantir que o dinheiro seja bem investido, sua atuação evita que o inquilino lide com transações complexas e até armadilhas que podem afetar todas as economias direcionadas à viagem. Portanto, use suas habilidades para intermediar as locações, evitando dores de cabeça futuras através do contrato de locação.

    Quem lida com alugueis de temporada sabe que, na maioria das vezes, a pessoa junta dinheiro o ano todo para programar suas férias antecipadamente, e o meio mais eficaz para assegurar uma estadia dentro do esperado é deixar tudo registrado.

    Informações

    Este documento é uma garantia para proprietário e inquilino, mesmo que a temporada seja curta. Por isso, não deixe de listar tudo o que a residência possui, como móveis, eletrodomésticos, utensílios de cozinha, etc. Caso contenha piscina, sauna ou mais alternativas de lazer, é importante descrever como serão utilizadas estas opções.

    Pagamento

    Outra informação que não pode faltar é a forma de pagamento. O comum é exigir um sinal de 50% do valor do aluguel, e o restante é pago no momento de entregar as chaves. Mas a melhor forma pode ser combinada entre proprietário e inquilino, conforme a necessidade de cada situação.

    Aluguel de temporada inesquecível

    Além de trabalhar sempre com o contrato, é importante registrar todas as informações trocadas com o inquilino e proprietário, de preferencia por e-mail. Também é necessário que o corretor atualize seu registro junto ao Creci, e considere outros detalhes para oferecer um serviço diferenciado, podendo até superar as expectativas do inquilino:

    1. Surpreenda

    Para mostrar seu diferencial, uma boa opção é montar uma cartilha com a história e região, incluindo recomendações de vida noturna, tais como bares e restaurantes, ou outras programações específicas da estação.

    2. Domínio

    Para oferecer uma comparação assertiva ao inquilino, sobretudo quando ele mora longe do destino escolhido, é imprescindível que o corretor conheça a região como a própria palma da mão! Alguns fatores importantes do entorno da propriedade podem ser indicadas, como:

    • transporte público;
    • preços das redondezas;
    • proximidade de áreas de turismo;
    • e taxas dos passeios.

    Estes dados são fundamentais para combinar com o perfil do cliente, se irá viajar com a família, se tem crianças, etc. Desta forma, ofereça um leque privilegiado de orientações quanto à vizinhança para fazer a diferença diante de uma possível contratação.

    3. Indicações

    Além disso, outra sugestão é incluir no pacote de informações alguns serviços pertinentes que o cliente pode precisar para complementar sua tranquilidade como: faxineira, cozinheira, limpador de piscina, ou transporte particular (aluguel de ônibus ou vans). Ofereça uma lista de referências com profissionais ou empresas potenciais conhecidas.

    4. Avaliações

    Um aspecto que acelera a consolidação do negócio é reunir a avaliação de seus clientes ou quem já alugou o imóvel, e enviar para os inquilinos potenciais para que aumentar a credibilidade por meio das referências.

    5. Economia

    Nos destinos mais populares, a oferta supera a demanda. Assim, quanto mais próximo da alta temporada, maior é a concorrência na disputa por inquilinos. Quando o cliente é flexível sobre as datas, você pode apontar economias significativas comparando com outros períodos. O ideal é tentar encontrar a opção adequada conforme o recurso que ele disponibiliza.